Homenageado do mês de Outubro / Zé Ramalho, José Ramalho Neto / * 3/10/1949 Brejo da Cruz, PB / Cantor. Compositor. Produtor / Seu pai faleceu quando ele tinha dois anos de idade, sendo então entregue pela mãe ao avô, José Alves Ramalho.

Pesquisar este blog

MPB - Google Notícias

Quem Somos?


 A Rádio Campinarte na verdade é um blog com o objetivo de divulgar, promover e na medida do possível gerar renda para os artistas (músicos) em particular do Terceiro Distrito de Duque de Caxias no Rio de Janeiro.
Um blog com cara de rádio, notícias do mundo do rádio, cantores do rádio.Um blog que tem como uma de suas principais bandeiras os novos talentos sem esquecer dos grandes nomes da música popular brasileira de todos os tempos; sem esquecer os pioneiros, os baluartes, os verdadeiros ícones da era de ouro do rádio. Fazemos isso para que esses novos talentos não percam de vista nossas referências musicais que até hoje são veneradas mundo a fora - uma forma que encontramos de dizer um MUITO OBRIGADO àqueles que nos proporcionaram (e continuam proporcionando) com suas vozes, suas músicas, momentos de paz e alegria. Uma maneira de agradecer a todos que ajudaram a compor as trilhas sonoras de milhões e milhões de pessoas.
Este blog irá gradativamente estreitar os seus laços com as Rádios Comunitárias que desenvolvem um papel importantíssimo em nossos bairros.
A Rádio Campinarte tem (fundamentalmente) um compromisso com a qualidade e o bom gosto / e qualidade e bom gosto nos vamos pinçar nos nossos bairros, o que nós queremos mesmo é fazer jus ao nome: RÁDIO CAMPINARTE - O SOM DAS COMUNIDADES.


CLIQUE NAS IMAGENS E OUÇA OS NOSSOS ESPECIAIS

  
   

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Especial / Sueli Costa


Sueli Costa
Sueli Correa Costa /  25/7/1943 Rio de Janeiro, RJ 
Para os parceiros, letristas talentosos, Sueli Costa sempre tem a melodia perfeita na ponta dos dedos. Para o público, inúmeros clássicos glorificados em nobres gargantas como as de Elis, Simone, Nara, Bethânia, Nana, Lucinha, Gal. A arte de Sueli é essencialmente feminina. A arte de Sueli é para todos.
Sueli Costa
E para provar que a arte não tem barreiras, alguns de nossos maiores cantores também mergulharam na alma da música de Sueli. Fagner, Cauby, Ney, Pedro Mariano são alguns do que entenderam o recado e deram vida aos sucessos da compositora.
O nascimento foi no Rio de Janeiro, em 25 de julho de 1943. Mineira de coração e criação, foi em Juiz de Fora que, aos quatro anos, teve as primeiras lições e noções de piano com a mãe, Maria Aparecida Correa Costa, que também ensinava canto coral. Dos encontros musicais familiares nasceu o Trieto, com as irmãs Telma Costa (cantora, já falecida) e Lisieux Costa (pianista e compositora), para participar dos festivais que borbulhavam nas cidades vizinhas. Os outros dois irmãos, o pianista Afrânio e o violonista Élcio Costa se formaram em direito.
Ainda em Juiz de Fora, aos 17 anos, compôs sua primeira música inspirada em uma participação da cantora Sylvia Telles em um programa de TV. A mãe e o irmão foram os primeiros ouvintes deBalãozinho, que nasceu no violão. Mas logo elegeu o piano como parceiro mais constante para as melodias e musicou letras de João Medeiros Filho. A primeira, Por exemplo: você, foi gravada pelo grupo Manifesto e por Nara Leão em 1967.
Sueli Costa
Como os irmãos, Sueli também flertou com os estudos de leis e decretos. Em 1969 fez suas malas e abandonou a faculdade no último ano. Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde já costumava passar os finais de semana, em busca de novos e belos horizontes. Na capital da bossa nova dividiu com o promissor compositor Sidney Miller as músicas do espetáculo musical Alice no país do divino maravilhoso e ensinou música em escolas.
Em 1971 Maria Bethânia incluiu em seu histórico show Rosa dos ventos três composições de Sueli Costa: AldebarãAssombrações e Sombra amiga. No ano seguinte foi a vez de Elis Regina prestar atenção nas melodias de Sueli e gravar 20 anos blue, primeiro grande sucesso da compositora que havia sido composto em uma viagem de ônibus entre o Rio e Juiz de Fora.
Com o sucesso de suas músicas, foi contratada pela EMI e gravou seu primeiro LP, em 1975, com produção de Gonzaguinha e arranjos de Paulo Moura e Wagner Tiso. Dois anos depois veio o segundo LP, em 1977, com produção de João Bosco e Aldir Blanc. Por essa época largou o trabalho como professora por não conseguir conciliar as duas funções e conheceu seu marido, Raymundo Wanderley, com quem ficou casada por oito anos e teve seu único filho, Pedro, em 1979.
Sueli Costa
O talento de Sueli não está somente em moldurar com suas músicas os inspirados versos. Ela também sabe como poucos escolher seus parceiros. No início Cacaso e Tite de Lemos eram os mais constantes. Depois vieram companheiros como Aldir Blanc, Ana Terra, Paulo César Pinheiro e Abel Silva, talvez a mais fértil dobradinha.
No início dos anos 80, quando a boa música brasileira ainda encontrava espaço nas rádios e nos ouvidos do público, Sueli Costa deu vida a vários clássicos através de Simone (Alma e Jura secreta), Maria Bethânia (Coração ateu), Nana Caymmi (Nem uma lágrima), Elis Regina (O primeiro jornal).
Em 2000, com funks, pagodes e axés dominando as rádios, Sueli ganhou de Lucinha Lins o elogiado e emocionado CD Canção brasileira, um verdadeiro tributo à sua obra.
Sueli já dividiu palco com grandes colegas, como Fátima Guedes, Rosa Passos e Joyce. No Projeto Pixinguinha, dividiu microfones com Simone batendo recorde de público do projeto segundo a revista Veja. ...
Sueli Costa
por Beto Feitosa

Seguidores

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz
Clique na imagem

22 de Novembro é dia de Santa Cecília...

Padroeira dos músicos, por isso hoje também é comemorado o dia do músico. O músico pode ser arranjador, intérprete, regente e compositor. Há quem diga que os músicos devem ter talento nato para isso, mas existem cursos superiores na área e pessoas que estudam música a vida toda.
O músico pode trabalhar com música popular ou erudita, em atividades culturais e recreativas, em pesquisa e desenvolvimento, na edição, impressão e reprodução de gravações. A grande maioria dos profissionais trabalha por contra própria, mas existem os que trabalham no ensino e os que são vinculados a corpos musicais estaduais ou municipais.
A santa dos músicos
Santa Cecília viveu em Roma, no século III, e participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano, nas catacumbas da via Ápia. Ela decidiu viver casta, mas seu pai obrigou-a a casar com Valeriano. Ela contou ao seu marido sua condição de virgem consagrada a Deus e conseguiu convence-lo. Segundo a tradição, Cecília teria cantado para ele a beleza da castidade e ele acabou decidindo respeitar o voto da esposa. Além disso, Valeriano converteu-se ao catolicismo.

Mito grego
Na época dos gregos, dizia-se que depois da morte dos Titãs, filhos de Urano, os deuses do Olimpo pediram que Zeus criasse divindades capazes de cantar as vitórias dos deuses do Olimpo. Então, Zeus se deitou com Mnemosina, a deusa da memória, durante nove noites consecutivas. Nasceram dessas noites as nove Musas. Dessas nove, a musa da música era Euterpe, que fazia parte do cortejo de Apolo, deus da Música.
Fonte: UFGNet

Rádio MEC AM

CONTOS NO RÁDIO