Homenageado do mês de Outubro / Zé Ramalho, José Ramalho Neto / * 3/10/1949 Brejo da Cruz, PB / Cantor. Compositor. Produtor / Seu pai faleceu quando ele tinha dois anos de idade, sendo então entregue pela mãe ao avô, José Alves Ramalho.

Pesquisar este blog

MPB - Google Notícias

Quem Somos?


 A Rádio Campinarte na verdade é um blog com o objetivo de divulgar, promover e na medida do possível gerar renda para os artistas (músicos) em particular do Terceiro Distrito de Duque de Caxias no Rio de Janeiro.
Um blog com cara de rádio, notícias do mundo do rádio, cantores do rádio.Um blog que tem como uma de suas principais bandeiras os novos talentos sem esquecer dos grandes nomes da música popular brasileira de todos os tempos; sem esquecer os pioneiros, os baluartes, os verdadeiros ícones da era de ouro do rádio. Fazemos isso para que esses novos talentos não percam de vista nossas referências musicais que até hoje são veneradas mundo a fora - uma forma que encontramos de dizer um MUITO OBRIGADO àqueles que nos proporcionaram (e continuam proporcionando) com suas vozes, suas músicas, momentos de paz e alegria. Uma maneira de agradecer a todos que ajudaram a compor as trilhas sonoras de milhões e milhões de pessoas.
Este blog irá gradativamente estreitar os seus laços com as Rádios Comunitárias que desenvolvem um papel importantíssimo em nossos bairros.
A Rádio Campinarte tem (fundamentalmente) um compromisso com a qualidade e o bom gosto / e qualidade e bom gosto nos vamos pinçar nos nossos bairros, o que nós queremos mesmo é fazer jus ao nome: RÁDIO CAMPINARTE - O SOM DAS COMUNIDADES.


CLIQUE NAS IMAGENS E OUÇA OS NOSSOS ESPECIAIS

  
   

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

terça-feira, 23 de julho de 2013

Campinarte Memória / Dominguinhos

José Domingos de Moraes
 12/2/1941 Garanhuns, PE 
 23/7/2013 São Paulo, SP

Biografia

Cantor. Compositor. Instrumentista. Sanfoneiro / Seu pai, mestre Chicão, foi um famoso tocador e afinador de foles de oito baixos. Começou a tocar sanfona aos seis anos de idade, juntamente com mais dois irmãos, em feiras livres e portas de hotéis do interior de Pernambuco. Com oito anos de idade, conheceu Luiz Gonzaga na porta de um hotel em que este se apresentava (...)
[Saiba Mais]

Dados Artísticos

Seu nome artístico foi uma sugestão de Luiz Gonzaga, que considerou que o apelido de infância, Neném, não o ajudaria na trajetória artística. Com a sanfona ganha do próprio Gonzagão, passou a percorrer o interior do Rio de Janeiro na companhia dos irmãos,apresentando-se em circos e arrasta-pés.  Em 1957, aos 16 anos, (...)
[Saiba Mais]

Obras

  • A costureira (c/ Manduka)
  • A gente se vê depois
  • A moça do metrô (c/ M. Raide)
  • A quadrilha (c/ João Cláudio)
  • A sede do rio a fome do pão (c/ Climério)
  • A semana (c/ Fausto Nilo)
[Saiba Mais]

Discografia

  • (2010) Lado B (Dominguinhos e Yamandú Costa) - Biscoito Fino - CD
  • (2010) Iluminado Dominguinhos - DVD
  • (2009) Dominguinhos ao Vivo • Velas • CD
  • (2009) Dominguinhos ao vivo - Velas - DVD
  • (2008) Conterrâneos • Eldorado • CD
  • (2007) Yamandu+Dominguinhos • Biscoito Fino • CD
[Saiba Mais]

Shows

  • Luiz Gonzaga volta pra curtir. Teatro Tereza Rachel, Rio de Janeiro, RJ.
  • A Feira. Com o Quinteto Violado.
  • II Festival de Jazz de São Paulo, SP.
[Saiba Mais]

Bibliografia Crítica

  • MARCONDES, Marcos Antônio. (ED). Enciclopédia da Música popular brasileira: erudita, folclórica e popular. 2. ed. São Paulo: Art Editora/Publifolha, 1999.
  • OLIVEIRA, Gildson. Luiz Gonzaga - O matuto que conquistou o mundo. Brasília: Letraviva, 2000.
[Saiba Mais]

Artistas lamentaram o falecimento do músico Dominguinhos, que morreu nesta terça-feira (23/07/2013), aos 72 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele lutava havia seis anos contra um câncer de pulmão. De acordo com o hospital, o músico morreu às 18h em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas.



Autêntico representante do forró de Dominguinhos em Pernambuco, o sanfoneiro Cezzinha disse ao G1 que está abalado com a morte do mestre. “Deus faz sempre o melhor. Eu estou abalado com a morte, mas feliz porque ele estava sofrendo muito. Dominguinhos era a prova viva de uma arte forte, que eu sempre respeitei e vou continuar mostrando. Ele dedicou toda a sua vida a ajudar às pessoas, e foi tudo em minha vida. Toquei a primeira vez com ele no meu aniversário de 14 anos e nunca mais nos separamos”, disse. O artista participou dos dois DVDs gravados por Dominguinhos.

Pelo sua conta oficial no Twitter, a cantora paraibana Elba Ramalho também lamentou. "Lá se vai o meu amor, deixando uma grande saudade...Dominguinhos, eterno amor, amizade sincera". Flora Gil, mulher do cantor Gilberto Gil, também se despediu do sanfoneiro. "E mais um link da gravação de Gilberto Gil e o nosso querido e eterno Dominguinhos", citando um trecho da gravação do DVD "Fé na Festa", do baiano.
Através de seu perfil no Instagram, a dupla Zezé Di Camargo e Luciano expressou sua saudade. "Adeus mestre Dominguinhos!!! Nosso respeito e admiração a esse homem que encantou o Brasil com sua humildade e seu talento!". No Facebook, foi a vez da banda Calypso, de Joelma e Chimbinha, comentar a morte do pernambucano. "Hoje o céu está em festa ao som da sanfona de Dominguinhos, grande mestre! Nosso respeito e admiração a esse ser humano que encantou nosso país com seu talento, humildade e música".
O músico Oswaldinho do Acordeon, com quem Dominguinhos fez parceira no Projeto Asa Branca, disse que perdeu um irmão. “Tínhamos um vínculo muito grande. Agora só ficou a saudade. Ele era um exemplo de humildade sem tamanho. Ele tinha o dom de tocar bem e ter o pé no chão”.
O cantor e compositor Nando Cordel considera Dominguinhos seu pai musical. Foram 30 anos de parceria, que rendeu centenas de composições, entre os sucessos “De volta para o meu aconchego” e “Gostoso demais”. “Eu o conheci quando batalhando em São Paulo fui mostrar uma música à esposa dele, que era cantora. Ela que sugeriu a parceria, e acabamos compondo naquele dia ‘Olha, isso aqui tá muito bom’. Foi daí que eu comecei minha carreira musical. Ele é um dos mais importantes instrumentistas




O cantor Santanna gravou ano passado a música "Sanfona Branca", de Benito Di Paula, ao lado de Dominguinhos, numa homenagem a Luiz Gonzaga. O trabalho está no disco "Xoteamar". Para o artista, a "nação nordestina" agora está carente. "Ele é considerado o maior sanfoneiro do mundo, e deixa a nação nordestina carente com essa partida. O mais importante é saber que ele deixa um grande legado na música, pois era um gênio na sanfona, explosivamente criativo, e tinha uma maneira de ser generosa, humilde e genial. Espero que geração de seguidores que ele deixou leve à sério o legado", comentou.

O acordeonista Renato Borghetti, que faz show esta noite em Porto Alegre (RS), também lamentou a morte do cantor. Ele toca com o violonista Yamandu Costa, com quem Dominguinhos lançou o último disco, em 2010. “É uma notícia muito triste. Falávamos dele antes da apresentação e, infelizmente, chegou essa informação. Não esqueço do que ele dizia, que era melhor uma nota bem colocada em vez de dez notas rápidas”, lembrou, acrescentando que vai fazer uma homenagem ao artista durante o show.
A filha de Dominguinhos, a cantora Liv Moraes, disse que não vai falar com a imprensa neste momento e viaja ainda hoje para São Paulo. Ela estava no Recife para participar de um show marcado para quinta (25) em homenagem ao pai. A produção informou que o evento está confirmado e parte da renda arrecadada será enviada à família para ajudar nas despesas com velório e enterro.

Seguidores

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz
Clique na imagem

22 de Novembro é dia de Santa Cecília...

Padroeira dos músicos, por isso hoje também é comemorado o dia do músico. O músico pode ser arranjador, intérprete, regente e compositor. Há quem diga que os músicos devem ter talento nato para isso, mas existem cursos superiores na área e pessoas que estudam música a vida toda.
O músico pode trabalhar com música popular ou erudita, em atividades culturais e recreativas, em pesquisa e desenvolvimento, na edição, impressão e reprodução de gravações. A grande maioria dos profissionais trabalha por contra própria, mas existem os que trabalham no ensino e os que são vinculados a corpos musicais estaduais ou municipais.
A santa dos músicos
Santa Cecília viveu em Roma, no século III, e participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano, nas catacumbas da via Ápia. Ela decidiu viver casta, mas seu pai obrigou-a a casar com Valeriano. Ela contou ao seu marido sua condição de virgem consagrada a Deus e conseguiu convence-lo. Segundo a tradição, Cecília teria cantado para ele a beleza da castidade e ele acabou decidindo respeitar o voto da esposa. Além disso, Valeriano converteu-se ao catolicismo.

Mito grego
Na época dos gregos, dizia-se que depois da morte dos Titãs, filhos de Urano, os deuses do Olimpo pediram que Zeus criasse divindades capazes de cantar as vitórias dos deuses do Olimpo. Então, Zeus se deitou com Mnemosina, a deusa da memória, durante nove noites consecutivas. Nasceram dessas noites as nove Musas. Dessas nove, a musa da música era Euterpe, que fazia parte do cortejo de Apolo, deus da Música.
Fonte: UFGNet

Rádio MEC AM

CONTOS NO RÁDIO