Pesquisar este blog

MPB - Google Notícias

Quem Somos?


 A Rádio Campinarte na verdade é um blog com o objetivo de divulgar, promover e na medida do possível gerar renda para os artistas (músicos) em particular do Terceiro Distrito de Duque de Caxias no Rio de Janeiro.
Um blog com cara de rádio, notícias do mundo do rádio, cantores do rádio.Um blog que tem como uma de suas principais bandeiras os novos talentos sem esquecer dos grandes nomes da música popular brasileira de todos os tempos; sem esquecer os pioneiros, os baluartes, os verdadeiros ícones da era de ouro do rádio. Fazemos isso para que esses novos talentos não percam de vista nossas referências musicais que até hoje são veneradas mundo a fora - uma forma que encontramos de dizer um MUITO OBRIGADO àqueles que nos proporcionaram (e continuam proporcionando) com suas vozes, suas músicas, momentos de paz e alegria. Uma maneira de agradecer a todos que ajudaram a compor as trilhas sonoras de milhões e milhões de pessoas.
Este blog irá gradativamente estreitar os seus laços com as Rádios Comunitárias que desenvolvem um papel importantíssimo em nossos bairros.
A Rádio Campinarte tem (fundamentalmente) um compromisso com a qualidade e o bom gosto / e qualidade e bom gosto nos vamos pinçar nos nossos bairros, o que nós queremos mesmo é fazer jus ao nome: RÁDIO CAMPINARTE - O SOM DAS COMUNIDADES.


CLIQUE NAS IMAGENS E OUÇA OS NOSSOS ESPECIAIS

  
   

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

sábado, 31 de agosto de 2013

Campinarte Especial / Mensagens Românticas

Lembra daquelas tele-mensagens?... Pois muito bem... O Blog Rádio Campinarte misturou algumas mensagens eróticas, românticas com músicas de Roberto Carlos na voz de Maria Bethânia e vejam só o resultado... Uma seqüência pra lá de interessante... Vale a pena dar uma conferida...

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O Campinarte e os dias da semana

A curiosidade está na nossa seleção... São sete músicas... Com os nomes dos dias da semana... Então, ficamos assim:
Um Dia de Domingo / Gal Costa
Segunda-Feira / Heitor Branquinho
Terço na Terça / Affonso Moraes
Quarta-Feira / Mart’nália e Paulinho Moska
Quinta-Feira / Forgotten Boys
Sexta-Feira / Luciana Mello
Sábado / Marco e Mário

Por que os dias da semana acabam com feira?

Segunda-feira, terça-feira, quarta-feira... Os números dos dias são fáceis de entender, em uma semana de sete dias que se inicia no domingo. Mas a e palavra 'feira'? O que ela significa?
Na sua origem, os nomes dias da semana tinham influência na astrologia, cada um representava um astro do nosso Sistema Solar: Sol (domingo), Lua (segunda), Marte (terça), Mercúrio (quarta), Júpiter (quinta), Vênus (sexta) e Saturno (sábado).
Segundo o Guia dos Curiosos, nos países latinos, por influência do cristianismo, o dia do Sol, solis dies, foi substituído por dominica, dia do Senhor; e o saturni dies, dia de Saturno, por sabbatum, derivado do hebraico shabbath, dia do descanso, consagrado pelo Velho Testamento.
Não satisfeita com a origem pagã dos nomes dos dias, a igreja católica dos paises de língua portuguesa transformou a homenagem aos astros em números, isso graças ao apostolado de São Martinho de Braga, que afirmava que não se podia "dar nomes de demônios aos dias que Deus criou".
Já o termo "feira" surgiu em português porque, na semana de Páscoa, todos os dias eram feriados, as férias, e o mercado funcionava ao ar livre, as feiras.
Preservando o domingo, dia do Senhor, como primeiro dia da semana, a igreja instituiu a secunda feira, a segunda-feira e assim sucessivamente. Estava criada a semana portuguesa. 

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O que há de melhor pelas comunidades - Parte 1

Nesse primeiro programa apresentaremos alguns talentos em especial do Terceiro Distrito de Duque de Caxias. 
São artistas de Nova Campinas, Parque Paulista, Santa Cruz da Serra e demais bairros vizinhos.
Abriremos o programa de hoje com a música de Eloir Rodrigues do Parque Paulista - Cantor, compositor e instrumentista, o seu trabalho é voltado para o segmento evangélico.
Em seguida um músico de Nova Campinas, Balbino do Forró que acaba de lançar um CD só com músicas inéditas.
Para quebrar um pouco a rotina vamos ouvir a extinta banda de rock Fúria Beat que tinha a sua base em Santa Cruz da Serra.
E para encerrar o nosso primeiro programa O QUE HÁ DE MELHOR PELAS COMUNIDADES ouviremos o samba enredo do Esperança de Nova Campinas para o Carnaval / 2009.

O que há de melhor pelas comunidades - Parte 2



É com muito prazer que apresentamos mais um programa da série O que há de melhor pelas comunidades.
Diria que esse programa é pra lá de especial.
Ouviremos na abertura a música de Michel dos Teclados e Forró Pega na Menina.
Em seguida ouviremos três cantoras, compositoras, arranjadoras e boas intérpretes, pela ordem:
Juçara Freire cantando de sua autoria a música Seduzir
Depois apresentaremos Cintia Possidonio cantando Quem é você?
E para encerrar ouviremos Simone Tertuliano com a música Se entregue.

O que há de melhor pelas comunidades 3

Ouviremos na seqüência uma seleção de artistas (em especial) do Terceiro Distrito de Duque de Caxias...

Começamos com o seresteiro Walter Guimarães interpretando a Volta do Boêmio... 

A seguir, Dery de Paula e o Forró de Mister Deco (Requebra Menina)...
E mais:

Cimírames com a música direto no Coração...

E para encerrar uma linda poesia de Eny Fernandes em homenagem a todas as mães...

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Painel Campinarte de Música / Bumba Meu Boi, Jongos e Pífanos

Na verdade é uma mostra de dois ritmos típicos do Brasil, o Bumba Meu Boi e o Jongo e o Painel Campinarte aproveita a oportunidade para homenagear o pífano, pífaro ou pife. É uma pequena flauta transversal, aguda, similar a um flautim, mas com um timbre mais intenso e estridente, devido ao seu diâmetro menor. Os pífanos são originários da Europa medieval e são freqüentemente utilizados em bandas militares
Em breve apresentaremos um estudo mais aprofundado sobre o tema que envolve esse Painel Campinarte de Música... Ouviremos pela ordem:
Bumba Meu Boi
Banzeiro Grande (Bumba Boi de Maracanã) / Reis na Encataria (Bumba Boi de Maracanã)
Jongo
Caxinguelê (Jongo da Serrinha) / Vapor da Paraíba (Jongo da Serrinha)
Pífanos

Segura Zabumbeiro (Banda de Pífanos de Santo Antônio de Carnaíba) / Lembrança de Caruaru (Banda de Pífanos de Santo Antônio de Carnaíba)

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Campinarte Especial / Tiririca



Francisco Everardo Oliveira Silva
 Itapipoca, CE 
Cantor. Compositor. Humorista. Em 2010, lançou candidatura no estado de São Paulo para deputado federal, pelo Partido da República, e tornou-se um fenômeno eleitoral, ao ser eleito, com cerca de 1,35 milhões de votos, o deputado mais votado da eleição desse ano, e o segundo mais votado no estado de São Paulo em toda a história. Paralelamente (...)
[Saiba Mais]

Dados Artísticos

Com oito anos de idade começou a trabalhar em circo em sua cidade natal. Ainda criança ganhou o apelido da mãe, que andava repetindo que o filho estava sempre tiririca da silva. Em 1996 estourou nas rádios com o sucesso "Florentina", que também causou muita polêmica, sendo considerada por muitos como racista. No mesmo período, fez sucesso com outra composição (...)
[Saiba Mais]

Obras

  • A padroeira do Ceará
  • Dança da rapadura
  • Eu sou chifrudo
  • Florentina
[Saiba Mais]

Discografia

  • (1999) Dança da rapadura • Sony • CD
  • (1997) Tiririca • Sony • CD
  • (1996) Tiririca • Independente • CD
[Saiba Mais]
Tiririca - Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira

Campinarte Especial / Genival Lacerda

 1931 Campina Grande, PB 
Cantor. Compositor.
[Saiba Mais]

Dados Artísticos

Em 1956 lançou pela Mocambo o seu primeiro disco interpretando o "Coco de 56" de sua autoria e João Vicente e o xaxado "Dance o xaxado" de sua autoria e Manoel Avelino. Em 1957, gravou de Antonio Barros o rojão "Dança do bombo" e o coco "Balança o coco". Em 1961 gravou de Rosil Cavalcânti a moda de roda "Noé, Noé" e o "Coco de roda". Em 1962 gravou (...)
[Saiba Mais]

Obras

  • A cobra de camelô (c/ João Gonçalves)
  • A mulher da cocada (c/ João Gonçalves)
  • Az de copas (c/ João Gonçalves)
  • Beth close (c/ João Gonçalves)
  • Burrico da Gabriela (c/ João Gonçalves)
  • Cajueiro abalou (c/ Antônio Clemente)
[Saiba Mais]

Discografia

  • ([S/D]) Aqui tem catimberê • Copacabana • LP
  • ([S/D]) Genival Lacerda • BachGuild • LP
  • (2000) Genival Lacerda ao vivo • CID;00488-6; • CD
  • (1999) Forró Dance by Genival Lacerda • Pardadoxx Music • CD
  • (1998) Tributo a Jackson do Pandeiro • RGE • CD
  • (1997) O Photografo • RGE • CD
[Saiba Mais]

Bibliografia Crítica

  • AZEVEDO, M. A . de (NIREZ) et al. Discografia brasileira em 78 rpm. Rio de Janeiro: Funarte, 1982.
[Saiba Mais]
Genival Lacerda - Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira

Campinarte Especial / Elisa Paraíso


Iníciou seus estudos de música e canto aos doze anos até graduar-se em Licenciatura Musical pela UFMG. Dona de voz suave e forte interpretação Elisa já atuou em diversos universos. Seu trabalho é de uma sonoridade moderna e cheio de sutilezas. 

O seu disco de lançamento "Da maior Importância", contém participações e releituras de grandes nomes como Caetano Veloso, Paulinho da Viola , além de composições de músicos da nova ‘safra', como Kristoff Silva, Makely Ka e Vitor Santana.

Campinarte Especial / Carlos Moura

Carlos Moura


 Circa de 1950 Palmeira dos Índios, AL 
Carlos Moura
Cantor. Compositor.
[Saiba Mais]

Dados Artísticos

Começou a carreira em Maceió, nos anos 1970,  tocando em matinês com o grupo "Os bárbaros". Mais tarde, integrou o grupo "Vento", no qual passou a compor e cantar suas próprias canções. Em 1980, mudou- se para o Rio de Janeiro e iniciou carreira solo, com forte influência regional, gravando o LP "Reviravolta", do qual se destacou a canção (...)
[Saiba Mais]

Discografia

  • (1987) Uma Noite No Café Nice - Recarey - LP
  • (1983) Água de Cheiro - Lança - LP
  • (1982) Rosa De Sol - LP
  • (1980) Reviravolta - LP
[Saiba Mais]

Clips

  • Cometa Mambembe
[Saiba Mais]
Carlos Moura - Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira

sábado, 3 de agosto de 2013

Campinarte Especial / 14 Bis

Componentes

Formação original
Flávio Venturini
Cláudio Venturini
Vermelho
Sérgio Magrão
Hely
[Saiba Mais]

Dados Artísticos

Grupo vocal e instrumental formado em 1979 por Flávio Venturini (teclados, violão, bandolim e voz), Cláudio Venturini (guitarra), Vermelho (teclados), Sérgio Magrão (contrabaixo) e Hely (bateria), músicos vindos dos conjuntos O Terço (Flávio Venturini e Sérgio Magrão) e Bendegó (Vermelho e Hely). Flávio Venturini e (...)
[Saiba Mais]

Discografia

  • (2007) 14 Bis - Ao vivo • Sony BMG
  • (2004) Outros planos • Indie Records • CD
  • (2000) Boca Livre e 14 Bis ao vivo • Indie Records • CD
  • (1998) Bis-Acústico • PolyGram • CD
  • (1996) Siga o sol • Velas • CD
  • (1992) Quatro por quatro • EMI-Odeon • LP
[Saiba Mais]

Shows

  • 14 Bis ao vivo – Teatro Rival, Rio de Janeiro (2013)
  • Boca Livre e 14 Bis. Metropolitan, Rio de Janeiro.
  • Outros planos. Canecão, Rio de Janeiro.
  • 14 Bis - Ao vivo. Show de lançamento do DVD. Estrela da Lapa, Rio de Janeiro.
[Saiba Mais]

14 Bis - Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira

Seguidores

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz
Clique na imagem

22 de Novembro é dia de Santa Cecília...

Padroeira dos músicos, por isso hoje também é comemorado o dia do músico. O músico pode ser arranjador, intérprete, regente e compositor. Há quem diga que os músicos devem ter talento nato para isso, mas existem cursos superiores na área e pessoas que estudam música a vida toda.
O músico pode trabalhar com música popular ou erudita, em atividades culturais e recreativas, em pesquisa e desenvolvimento, na edição, impressão e reprodução de gravações. A grande maioria dos profissionais trabalha por contra própria, mas existem os que trabalham no ensino e os que são vinculados a corpos musicais estaduais ou municipais.
A santa dos músicos
Santa Cecília viveu em Roma, no século III, e participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano, nas catacumbas da via Ápia. Ela decidiu viver casta, mas seu pai obrigou-a a casar com Valeriano. Ela contou ao seu marido sua condição de virgem consagrada a Deus e conseguiu convence-lo. Segundo a tradição, Cecília teria cantado para ele a beleza da castidade e ele acabou decidindo respeitar o voto da esposa. Além disso, Valeriano converteu-se ao catolicismo.

Mito grego
Na época dos gregos, dizia-se que depois da morte dos Titãs, filhos de Urano, os deuses do Olimpo pediram que Zeus criasse divindades capazes de cantar as vitórias dos deuses do Olimpo. Então, Zeus se deitou com Mnemosina, a deusa da memória, durante nove noites consecutivas. Nasceram dessas noites as nove Musas. Dessas nove, a musa da música era Euterpe, que fazia parte do cortejo de Apolo, deus da Música.
Fonte: UFGNet

Rádio MEC AM

CONTOS NO RÁDIO