Homenageado do mês de Novembro / Paulinho da Viola / Paulo César Batista de Faria - 12/11/1942 Rio de Janeiro, RJ / Compositor. Cantor. Instrumentista..

Campinarte Dicas e Fatos / O nosso jornal falado

MPB - Google Notícias

Quem Somos?


 A Rádio Campinarte na verdade é um blog com o objetivo de divulgar, promover e na medida do possível gerar renda para os artistas (músicos) em particular do Terceiro Distrito de Duque de Caxias no Rio de Janeiro.
Um blog com cara de rádio, notícias do mundo do rádio, cantores do rádio.Um blog que tem como uma de suas principais bandeiras os novos talentos sem esquecer dos grandes nomes da música popular brasileira de todos os tempos; sem esquecer os pioneiros, os baluartes, os verdadeiros ícones da era de ouro do rádio. Fazemos isso para que esses novos talentos não percam de vista nossas referências musicais que até hoje são veneradas mundo a fora - uma forma que encontramos de dizer um MUITO OBRIGADO àqueles que nos proporcionaram (e continuam proporcionando) com suas vozes, suas músicas, momentos de paz e alegria. Uma maneira de agradecer a todos que ajudaram a compor as trilhas sonoras de milhões e milhões de pessoas.
Este blog irá gradativamente estreitar os seus laços com as Rádios Comunitárias que desenvolvem um papel importantíssimo em nossos bairros.
A Rádio Campinarte tem (fundamentalmente) um compromisso com a qualidade e o bom gosto / e qualidade e bom gosto nos vamos pinçar nos nossos bairros, o que nós queremos mesmo é fazer jus ao nome: RÁDIO CAMPINARTE - O SOM DAS COMUNIDADES.


CLIQUE NAS IMAGENS E OUÇA OS NOSSOS ESPECIAIS

  
   

O SHOW DO COMÉRCIO DO CAMPINARTE

domingo, 26 de março de 2017

Radio Mayrink Veiga (texto)

Rádio fundada no Rio de Janeiro em 20 de janeiro de 1926 com o prefixo PRA-K intitulada Rádio Sociedade Mayrink Veiga. Diz a  pesquisadora Norma Hauer: "Segundo o radialista e pesquisador Paulo Tapajós, em alguns de seus trabalhos sobre a história da rádio no Brasil, a Mayrink foi fundada em 1925, saindo logo do ar e voltando em 1926". Em 1933, a Rádio foi citada por Lamartine Babo em seu cateretê "As cinco estações" gravada em conjunto por ele, Carmen Miranda, Almirante e Mário Reis. Dizia a letra dessa música: "Sou a Mayrink popular e conhecida." No final da década de 1920, apresentaram-se esporadicamente em seu microfone nomes que se tornariam emblemáticos na música popular brasileira: Carmen Miranda, Francisco Alves, Silvio Caldas e Vicente Celestino. Em 1930, começou a ser apresentado um dos mais famosos programas da emissora, o "Esplêndido programa", comandado pelo radialista Valdo Abreu. Em 1932, o prefixo da Rádio passou a ser PRA-9. A partir de 1933, a direção da Rádio passou a ser de César Ladeira, iniciando o período de maior esplendor da emissora. Ainda em 1933, Carmen Miranda assinava contrato de exclusividade com a Mayrink nela ficando até 1935, e retornando depois em 1938. Fizeram parte do cast da emissora nomes como Francisco Alves, Carmem Miranda, Aurora Miranda, Jorge Fernandes, Patrício Teixeira, Noel Rosa, Gastão Formenti, João Petra de Barros, Victor Barcelar, Eriberto Muraro, José Maria de Abreu, Romualdo Peixoto, o Nonô, Silvinha Melo, Mário Reis, Moreira da Silva, Barbosa Júnior, Madelou de Assis, e outros. Dentre os inúmeros programas de destaque lá apresentados podem ser citados "Canção do dia", com Lamartine Babo; "Trem da alegria", com Lamartine Babo, Iara Sales e Heber de Boscoli, "Picolino", com Barbosa Junior; "Horas do outro mundo", com Renato Murce, e o "Programa Casé", com Ademar Casé, entre outros. Em 1937, assinou contrato com a Rádio o cantor Carlos Galhardo, nela permanecendo até 1948 quando transferiu-se para a Rádio Nacional, retornando em 1954 e nela ficando até 1965 num total de 22 anos, o mais longo período de um cantor naquela Rádio. Ele gravou o hino composto para a emissora por Urbano Lóes e Britinho. Em 1962, a Rádio tornou-se a líder da chamada "Cadeia da legalidade" dirigida por Leonel Brizola, o que levaria ao fechamento de emissora em 1965 pelo regime militar. Foi ao lado da Rádio Nacional uma das duas mais importantes emissoras do período que ficaria conhecido como a "Era do Rádio".
Resultado de imagem para rádio mayrink veiga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz

Ouça grátis as 100 maiores músicas do Jazz
Clique na imagem

22 de Novembro é dia de Santa Cecília...

Padroeira dos músicos, por isso hoje também é comemorado o dia do músico. O músico pode ser arranjador, intérprete, regente e compositor. Há quem diga que os músicos devem ter talento nato para isso, mas existem cursos superiores na área e pessoas que estudam música a vida toda.
O músico pode trabalhar com música popular ou erudita, em atividades culturais e recreativas, em pesquisa e desenvolvimento, na edição, impressão e reprodução de gravações. A grande maioria dos profissionais trabalha por contra própria, mas existem os que trabalham no ensino e os que são vinculados a corpos musicais estaduais ou municipais.
A santa dos músicos
Santa Cecília viveu em Roma, no século III, e participava diariamente da missa celebrada pelo papa Urbano, nas catacumbas da via Ápia. Ela decidiu viver casta, mas seu pai obrigou-a a casar com Valeriano. Ela contou ao seu marido sua condição de virgem consagrada a Deus e conseguiu convence-lo. Segundo a tradição, Cecília teria cantado para ele a beleza da castidade e ele acabou decidindo respeitar o voto da esposa. Além disso, Valeriano converteu-se ao catolicismo.

Mito grego
Na época dos gregos, dizia-se que depois da morte dos Titãs, filhos de Urano, os deuses do Olimpo pediram que Zeus criasse divindades capazes de cantar as vitórias dos deuses do Olimpo. Então, Zeus se deitou com Mnemosina, a deusa da memória, durante nove noites consecutivas. Nasceram dessas noites as nove Musas. Dessas nove, a musa da música era Euterpe, que fazia parte do cortejo de Apolo, deus da Música.
Fonte: UFGNet

Rádio MEC AM

CONTOS NO RÁDIO